ARROZ

O arroz é considerado pela Organização Mundial de Alimentação e Agricultura (FAO) como um dos alimentos mais importantes para a nutrição humana.

A região sul é a que mais produz arroz no Brasil, bem como apresenta a melhor produtividade. Destaca-se o RS como o maior produtor com 25,6% da área cultivada e 44,5% da produção. Em termos da produtividade o estado campeão é SC, com média de 6.150 kg/ha. O sistema de cultivo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina é o de irrigação por inundação.

A absorção dos nutrientes, de modo geral, é influenciada por diversos fatores, entre eles a capacidade de exploração do sistema radicular, as condições climáticas, as propriedades dos solos, a disponibilidade de água e de nutrientes no solo e o manejo cultural. O manejo químico do solo envolve práticas corretivas seguidas de práticas de manutenção, como:

  • correção do pH do solo e neutralização de Al3+;
  • adubação corretiva de macronutrientes primários (P e K) e secundários (Ca e S);
  • adubação de manutenção dos nutrientes extraídos pelas plantas;
  • fornecimento de nutrientes (macro e micro) conforme expectativa de produtividade;
  • práticas que permitam a maior eficiência do fertilizante.

 PRODUTOS RECOMENDADOS PARA O ARROZ (BASE):

ADUBAÇÃO DE BASE:

A exigência nutricional do arroz é determinada por vários fatores como condições climáticas, tipo de solo, cultivar plantada, produtividade esperada e práticas culturais adotadas. Na tabela abaixo está o acumulo de cada nutriente na parte aérea e nos grãos da planta de arroz.

Para a adubação de base do arroz irrigado deve-se atentar para as necessidades do solo e também a expectativa de produtividade. Em geral, no sistema irrigado por inundação, a disponibilidade dos nutrientes muda bastante em relação ao sequeiro. Nesse caso, para o arroz a maior demanda nutricional é pelo potássio, pois a inundação aumenta disponibilidade de fósforo para as plantas. Assim, o potássio é usualmente aplicado na base e também na cobertura. Em algumas regiões do RS, conforme a expectativa de produtividade, a reposição de S e Zn via adubação é fundamental para altas produtividades.

 PRODUTOS RECOMENDADOS PARA O ARROZ (COBERTURA):

ADUBAÇÃO DE COBERTURA:

O arroz é uma gramínea exigente em adubação nitrogenada, onde o fracionamento da aplicação de N é o manejo mais indicado, sendo parte aplicado na base e parte em cobertura. Na adubação de cobertura, a primeira aplicação é antes da entrada da água e a segunda é no emborrachamento. Podendo em uma dessas aplicações colocar uréia e cloreto de potássio na mesma aplicação, utilizando a uréia cloretada (Ex 30.00.20).